Camada de ozônio com nível MÍNIMO da história


Paris, 5 abr (EFE).- A Agência Espacial Europeia (ESA) confirmou nesta terça-feira que o nível da camada de ozônio no Polo Norte atingiu seu nível mínimo histórico, como antecipou o Centro Nacional de Pesquisas Científicas francês (CNRS).

Segundo a ESA, esta situação é a consequência da presença de ventos fortes na região, que provocaram temperaturas muito baixas. Em contato com os clorofluorcarbonos (CFC), essas massas de ar provocaram uma deterioração do ozônio.

“As moléculas de ozônio continuarão a ser destruídas nas próximas décadas, sobretudo durante os invernos árticos especialmente frios”, disse a ESA.

A camada de ozônio protege a atmosfera terrestre a cerca de 25 km de altura e filtra a radiação solar, eliminando grande parte dos raios ultravioleta.

Matéria completa disponível em: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,esa-confirma-que-nivel-de-ozonio-atingiu-nivel-minimo-historico,702043,0.htm

 

Anúncios

Publicado em 05/04/2011, em Notícias Gerais. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: