Obama é reprovado pela maioria dos americanos pela 1ª vez


Os índices de aprovação do presidente dos EUA, Barack Obama, caíram novamente antes de um importante discurso sobre a economia, marcado para quinta-feira. É grande o descontentamento entre os norte-americanos com sua forma de lidar com a economia e os empregos, segundo pesquisas divulgadas nesta terça-feira (6).

A pesquisa da NBC News/Wall Street Journal, realizada com mil adultos norte-americanos, indicou que a aprovação de Obama baixou para 44%, uma queda de 3 pontos percentuais em relação a julho, enquanto a maneira como ele lida com a economia recebeu 37%. A desaprovação é de 51%.

Segundo a pesquisa, 44% estão inclinados a votar em um republicano nas eleições presidenciais do próximo ano, contra 40% que reelegeriam Obama. Em junho, em pesquisa semelhante, Obama tinha vantagem de 45% a 40%. Os dois resultados indicam empate técnico.

Segundo um democrata que ajudou a realizar a pesquisa, os resultados fracos, com margem de erro de 3.1 pontos percentuais, indicam que Obama não é mais o favorito nas reeleições de 2012.

Outra pesquisa, da ABC News/Washington Post, revelou que três em cada dez norte-americanos avaliam negativamente o trabalho do presidente e a economia, enquanto três afirmam estar pior financeiramente desde que Obama ingressou na Casa Branca. A margem de erro é de 3.5 pontos percentuais.

Uma terceira pesquisa realizada com mil prováveis eleitores na Universidade de George Washington, em Washington, descobriu que 72% dos eleitores acreditavam que o país estava indo na direção errada — totalmente ou parcialmente –, aumento de 12% desde maio. Os resultados da pesquisa têm 3,1 por cento de margem de erro.

As pesquisas, realizadas na semana passada, são uma má notícia para o presidente, depois de um verão em que passou discutindo com republicanos no Congresso sobre o teto da dívida, em um debate que terminou com o rebaixamento sem precedentes dos EUA por uma agência de classificação de risco, a Standard and Poor’s.

A economia americana acabou com o mesmo número de empregos que criou em agosto. Com 10 meses consecutivos de contrações liquidas, a taxa de desemprego é de 9,1%.

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/obama-e-reprovado-pela-maioria-dos-americanos-pela-1-vez-diz-pesquisa.html

Anúncios

Publicado em 06/09/2011, em Notícias Gerais. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: