Arquivos do Blog

Especial Mulher


Hoje, 8 de março de 2011, comemora-se mais um dia Internacional da Mulher. Sabendo disso, o Zuckerbook pesquisou e fez uma série especial de 5 posts, analisando o espaço e a importância da mulher na história e na cultura. Ao fim de cada post, uma mulher, dentre tantas que fizeram a diferença, será homenageada.

Para começar nossa série, vamos entender o surgimento/oficialização da data:

Oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, existem duas versões para a escolha do dia 8 de março como Dia Internacional da Mulher. A mais conhecida conta que a data foi escolhida em homenagem a 130 operárias de uma tecelagem de Nova York, nos Estados Unidos, assassinadas por patrões e policiais, em 8 de março de 1857. Elas estariam em greve reivindicando a redução da jornada diária de trabalho de 14 para 12 horas e o direito à licença-maternidade. Reprimidas pela polícia, as trabalhadoras teriam se refugiado na fábrica, cujas portas teriam sido fechadas e o prédio incendiado.
Pela segunda versão, a data de 8 de março foi escolhida em comemoração da manifestação realizada pelas trabalhadoras russas no dia 23 de fevereiro de 1917 protestando, sob o lema de “Pão e Paz”, contra a fome e a participação da Rússia na Primeira Guerra Mundial. O protesto das mulheres russas não tinha o apoio sequer do Partido Bolchevique – nome do Partido Comunista na época -, mas acabou sendo o estopim da chamada “Revolução de Fevereiro” que, cinco dias depois, provocou a renúncia do czar Nicolau II, determinando o fim da monarquia, o que levaria à tomada do poder pelos comunistas, oito meses depois, na chamada “Revolução de Outubro”.
Fonte: http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=1195

Além dessas, existem outras versões. Para entender melhor, visite o link do qual o texto foi retirado.

Finalizando o post, deixamos uma breve biografia de uma mulher guerreira, junto com uma indicação de filme. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: