Arquivos do Blog

Prédio próximo à residência de Kadafi é atacado por mísseis


A força de coalizão formada por EUA, Reino Unido, França, Itália e Canadá deu início ontem a uma intervenção militar na Líbia, de acordo com mandado da resolução 1.973 do Conselho de Segurança da ONU. Hoje, 20, um prédio administrativo que compõe o complexo residencial do ditador líbio foi atingido por mísseis. Também hoje, a Casa Branca informou que Kadafi teria violado outro cessar-fogo, após anunciá-lo.

O Governo americano anunciou também que os ataques dos últimos dois dias seriam para paralisar as forças leais ao ditador e que foram bem sucedidos. Veja detalhes da operação de coalizão realizada na Líbia:

Imagem retirada da Folha Online. Editoria de Arte/Folhapress; link para a notícia completa abaixo.

Veja mais:

– Míssil atinge complexo residencial de Gaddafi; EUA criticam cessar-fogo: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/891532-missil-atinge-complexo-residencial-de-gaddafi-eua-criticam-cessar-fogo.shtml

– Prédio em complexo residencial de Kadafi é destruído em bombardeio: http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,predio-em-complexo-residencial-de-kadafi-e-destruido-em-bombardeio,694749,0.htm

Anúncios

Confrontos na Líbia


A rebelião na Líbia começou a pouco mais de um mês. Os rebeldes lutam para derrubar Kadafi, que está no poder há 41 anos, e acusam o ditador de massacrá-los com bombardeios. O número de mortes por conta da violência é desconhecido, mas mais de 300 mil pessoas já deixaram o país desde o início da guerra civil.

Líbia anuncia cessar-fogo.

O ministro das Relações Exteriores da Líbia, Musa Kusa, anunciou nesta sexta-feira, 18, cessar-fogo e a interrupção de todas as operações militares no país. Segundo Kusa, a medida foi tomada como forma de proteger a população civil da Líbia.

“A Líbia agora tem o conhecimento desta resolução, e de acordo com o artigo 25 da Carta das Nações Unidas, e levando em consideração que a Líbia é um membro plena da ONU, nós aceitamos que é nossa obrigação aceitar a resolução do Conselho de Segurança”, disse o ministro em um discurso transmito pela televisão líbia. “Dessa maneira, a Líbia decidiu um cessar-fogo imediato, e a interrupção de todas as operações militares”.

“Precisamos ser muito cautelosos. Kadafi agora está começando a ficar com medo, mas no terreno a ameaça ainda não mudou”, disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Bernard Valero à Reuters TV.

A intervenção militar autorizada pela ONU contra as forças de Kadafi já estava sendo preparada e deveria começar a qualquer desta sexta-feira, segundo declarou o porta-voz do governo francês, François Baroin, em entrevista à rede RTL.

Líbia convida observadores internacionais para verificar cessar-fogo.

O vice-ministro de Exteriores da Líbia, Khaled Kaaim, anunciou nesta sexta-feira, 18, que seu tomou a decisão de convidar observadores internacionais para verificar o cessar-fogo declarado pelo governo. A trégua foi decretada após o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovar uma resolução contra  país.

“Convidamos o secretário-geral da ONU a enviar uma missão de verificação”, disse o vice-chanceler. A equipe, segundo ele, também verificaria os “crimes perpetrados pela oposição”. De acordo com fontes do governo, Malta, Turquia, Alemanha e China também foram convidados.

A decisão ainda não obedece todas as condições exigidas pelo presidente dos EUA, Barack Obama, para que não haja uma intervenção militar. São elas, além do cessar fogo completo e imediato, o fim de todos os ataques contra os opositores, a retidada das tropas de Benghazi, Misrata, Ajdabiya, Az-Zawyia e o restabelecimento do fornecimento de gás, e petróleo em todas as áreas do país. Segudo Obama, “esses termos não são negociáveis”.

Apesar das declarações, há relatos do canal árabe Al-Jazirade que as tropas do governo estariam a apenas 50 quilômetros do local. O diplomata afirmou que a posição das tropas não fere o cessar-fogo decretado nesta sexta. Os rebeldes de Benghazi estariam estão se mobilizando para enfrentar as forças de Kadafi, segundo a emissora.

No discurso, o vice-chanceler ainda disse que não foram realizados bombardeios desde que o cessar-fogo foi decretado. “A mídia espalhou mentiras sobre bombardeios”, disse. A estratégia vinha sendo usada pelo ditador para conter o avanço dos insurgentes em direção à capital, Trípoli.

Rebeldes dizem que ataques de Kadafi continuam apesar de cessar-fogo.

Fontes rebeldes da Líbia disseram que as forças do ditador Muamar Kadafi continua bombardeando a cidades dominadas pela oposição, apesar do anúncio de cessar-fogo feito pelo governo.  A chancelaria Líbia havia declarado o fim das hostilidades contra os rebeldes no começo da manhã desta sexta-feira, 18. Ontem, o Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou uma solução que permite uma intervenção militar contra Kadafi.

Khalifa Heftir, um comandante dos rebeldes que lutam para derrubar Kadafi, disse hoje que o anúncio do governo de um cessar-fogo imediato “não é importante para nós”.

O ministro das Relações Exteriores da Líbia, Musa Kusa, anunciou nesta sexta-feira, 18, cessar-fogo e a interrupção de todas as operações militares no país. Segundo Kusa, a medida foi tomada como forma de proteger a população civil da Líbia.

Pessoas fogem da Líbia devido aos confrontos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) informou nesta sexta-feira, 18, que cerca de 300 mil pessoas já fugiram da Líbia desde que começou escalada da violência no país africano. Há também o temor de que o ditador Muamar Kadafi amplie a repressão após ser aprovada uma intervenção internacional para deter seu avanço sobre os rebeldes.

Matérias completas disponíveis em:

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,libia-anuncia-cessar-fogo,693697,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,libia-convida-observadores-internacionais-para-verificar-cessar-fogo,693899,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,rebeldes-dizem-que-ataques-de-kadafi-continuam-apesar-de-cessar-fogo-,693736,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,cerca-de-300-mil-ja-fugiram-da-libia-desde-inicio-de-confrontos-diz-onu,693796,0.htm

%d blogueiros gostam disto: